Início > Notícias > Lendo
Venda de produtos para confecção de máscaras movimenta lojas de aviamentos

Publicada em 23/06/2020

A obrigatoriedade no uso de máscaras faciais tem movimentado as lojas de aviamentos, que se reinventaram depois da Covid-19. Proprietária da loja A Viana Leal, Viviane Santágueda conta que a procura por tecidos, elásticos, linhas e botões para confecção das máscaras começou logo no início da Pandemia.

“Assim que as lojas fecharam já iniciamos com o delivery para não deixar nossos clientes sem os produtos. Além dos artigos para confecção das máscaras, também cresceu a procura por linhas e agulhas para tricot e crochet pelas pessoas mais idosas que estão sem sair de casa”, comentou a comerciante.

Segundo Viviane, a vendas desses produtos triplicou com a Pandemia, no entanto o tíquete médio deles é bem menor do que os outros produtos que a loja vendia com frequência. “As sazonalidades, por exemplo, caíram 80%. Maio, quando é comemorado o Mês de Maria, vendíamos muitas vestimentas e asas para as crianças se vestirem de anjo em colégio e igrejas e este ano não teve nenhuma procura por esses artigos. Agora em junho, teriam início as festas típicas, quando vendíamos muitas roupas de caipira, acessórios, enfeites e aviamentos, mas a expectativa é que a procura seja muito pequena”, disse.

A comerciante informou que alguns produtos que já havia comprado para este período já haviam chegado, mas que não comprou mais nada além disso. “Nossa expectativa é que tenhamos procura por pessoas que vão realizar festas pequenas, em casa, aniversários, mesversários. Agora nossa maior clientela neste período, que eram as festas em colégios, empresas, igrejas, isso não haverá”, completou Viviane.

Leia também

Sicomércio Barra Mansa
(24) 3323 2790

Sind. Com. Varejista de Barra Mansa, Quatis e Rio Claro
Rua José Maria da Cruz, 55 - SL 204
Centro - Barra Mansa - RJ - CEP27330-280

Desenvolvido por Rian Design