Início > Notícias > Lendo
Delivery se torna uma realidade nas lojas físicas de Barra Mansa

Publicada em 13/05/2020

 

Antes da pandemia da COVID-19, muitas lojas só comercializavam seus produtos fisicamente, mas diante do novo cenário tiveram que se reinventar. Além de investir nas vendas online, através das redes sociais, como Instagram, Facebook e WhatsApp, a maioria adotou o serviço de delivery para conseguir chegar até o consumidor. O comerciante Alexandre Jouan Dias Coelho, que tem uma franquia da loja Chocolates Brasil Cacau em Barra Mansa, foi um dos lojistas que implantou o delivery neste período.

“A pandemia começou justamente no melhor período de vendas para nós do ramo de chocolates, que é a Páscoa. Por ser uma franquia, tive apoio da franqueadora, que antecipou as promoções de Páscoa para quinze dias antes do previsto”, comentou, acrescentando que a primeira medida tomada por ele foi criar um número no WhatsApp, que foi divulgado no perfil do Instagram, em panfletos e faixas: “Usamos intensamente as redes sociais, que foram muito importantes neste momento e gerou muita atratividade. Como resultado, amanhecemos na segunda-feira sem nenhum produto de Páscoa e nem de linha da loja”.

Alexandre informou que a divulgação do Catálogo de Páscoa e das promoções foi realizada no Instagram e o atendimento pelo WhatsApp. “No início comecei a fazer o delivery após as 17h, mas no momento de pico tive que contratar um motoboy, mas com todos os cuidados, porque nosso produto não pode ter calor, tem que ser transportado refrigerado”, contou, acrescentando que, além de Barra Mansa, expandiu a base de entrega para Porto Real, Quatis e Resende. Uma forma de levar carinho também aos clientes, foi colocar, junto aos produtos, um bilhete, escrito a mão, com uma mensagem de agradecimento da Família CBC.

Para o comerciante, o delivery agora é uma realidade para as lojas físicas. Ele informou que pretende continuar com o serviço, a princípio pontualmente nas principais datas comemorativas. “A franquia está criando um suporte para delivery, a ideia é vendermos através de um aplicativo”, disse. Alexandre fez questão de elogiar a iniciativa do Sicomércio junto com o Sicoob Credirochas de criar um perfil no Instagram para divulgar as lojas que realizam delivery. “Esse apoio é fantástico. Eu tive a felicidade de ter o apoio da franqueadora, mas a maioria dos empresários não tem e ter esse apoio de divulgação é muito importante”, finalizou.

Proprietária da Gracinha Modas, a comerciante Maria das Graças Fernandes Marcelino informou que já divulgava seus produtos através das redes sociais. “Além do Instagram, utilizamos o Facebook e WhatsApp”, disse, acrescentando que já fazia o serviço de delivery para os clientes que não tinham tempo de ir à loja. “Mas, com a pandemia, intensificamos o serviço de delivery e pretendemos continuar a oferecê-lo”, frisou.

A comerciante, que já está anunciando seu serviço no perfil @comerciobmdelivery, elogiou a iniciativa do Sicomércio em parceria com o Sicoob Credirochas em criar essa ferramenta: “Achei muito boa a iniciativa. Neste momento é preciso unirmos forças para fortalecer nosso comércio. Parabenizo a iniciativa”.

Leia também

Sicomércio Barra Mansa
(24) 3323 2790

Sind. Com. Varejista de Barra Mansa, Quatis e Rio Claro
Rua José Maria da Cruz, 55 - SL 204
Centro - Barra Mansa - RJ - CEP27330-280

Desenvolvido por Rian Design