Início > Notícias > Lendo
Entidades empresariais protestam pelo fim da violência em Barra Mansa

Publicada em 27/12/2017

Barra Mansa clama por paz. Na manhã do dia 08 de dezembro, moradores, representantes de organizações religiosas, instituições de ensino e entidades empresariais se reuniram no Centro da cidade com um único objetivo: pedir o fim da violência. Segundo a Polícia Civil, 88 casos de assassinatos e tentativas de homicídio foram registrados no município de janeiro até agora.

 

A iniciativa de organizar uma caminhada partiu da Igreja Católica que, segundo a irmã Ana Maria Vicente Soares, vice-presidente da Casa Paz e Bem, convidou a sociedade civil para uma reflexão sobre a cultura da paz. “O primeiro convite foi acolhido por mais de 15 entidades e este é o primeiro de muitos encontros que ainda irão acontecer com esta finalidade: praticar a paz”, destacou irmã Ana, adiantando que, em fevereiro, haverá um simpósio a fim de discutir e buscar alternativas a respeito da segurança pública em Barra Mansa. “Agradecemos a presença, a participação e o apoio de todas as entidades comerciais nesta causa. A paz é possível e começa dentro de cada um de nós”.

 

O grupo, composto por centenas de pessoas, caminhou em meia pista pelas avenidas Domingos Mariano e Joaquim Leite, finalizando na Rua do Lazer, onde alguns representantes fizeram falas ao público presente. Durante o percurso, gestos simples como a distribuição de flores a motoristas, pedestres e comerciantes reforçaram o pedido de paz. Uma grande cruz contendo nomes de 16 vítimas da violência na cidade também chamou a atenção da população.

 

O presidente do Sicomércio, Alberto dos Santos Pinto, que participou do ato, acredita que esse tipo de evento, que tende a conscientizar a população, trará

um resultado positivo. “Ações como esta sensibilizam as pessoas antes de praticarem qualquer ato de violência. Foi positivo ver a participação nas entidades empresariais em prol desta importante causa”. Além da CDL-BM e do Sicomércio, a ação também contou com o apoio da ACIAP-BM, através da presidente, Denyse Singulani.

 

O presidente da CDL de Barra Mansa, Xisto Vieira Neto, que também esteve presente na caminhada, ressaltou que a violência precisa ser combatida por todos e em todos os lugares. “A violência que percebemos é apenas a faceta visível de um sistema perverso onde algumas minorias alimentam um sistema de crime. É o mau juiz que liberta o bandido preso; é o mau policial, empresário

ou político que participa do tráfico, do roubo, do crime; é o cidadão comum que se conforma com o que vê de errado e pensa ser normal; é o consumidor que aceita comprar o produto fruto do roubo ou de origem duvidosa.

 

Felizmente, o oposto tem crescido cada vez mais. Juízes enfrentando poderosos e perigosos; políticos buscando leis mais severas e que protejam os bons ao invés de bandidos ou corruptos; empresários que trabalham corretamente; e consumidores conscientes que não acreditam em vantagens absurdas e apenas consomem produtos originais e de origem garantida”, enumerou Xisto.

Leia também

Sicomércio Barra Mansa
(24) 3323 2790

Sind. Com. Varejista de Barra Mansa, Quatis e Rio Claro
Rua José Maria da Cruz, 55 - SL 204
Centro - Barra Mansa - RJ - CEP27330-280

Desenvolvido por Rian Design